Connect with us

destaque

Empreendedorismo em Cruzeiro do Sul avança com apoio da prefeitura

Published

on

A prefeitura de Cruzeiro do Sul está apoiando a Semana do Microempreendedor Individual, organizada pelo Sebrae. O evento começou nesta segunda-feira, 20, e vai até sexta-feira, 24. A iniciativa busca fortalecer o empreendedorismo local por meio de palestras, oficinas, consultorias e orientações para regularização de débitos. O prefeito Zequinha Lima esteve presente na abertura.

Francimir França, Gestor de Atendimento do Sebrae em Cruzeiro do Sul, comentou sobre a relevância do evento para a economia da cidade. Segundo França, há mais de 3.300 microempreendedores individuais registrados no município. Durante o evento, serão oferecidos serviços fundamentais, incluindo a orientação para a declaração anual de faturamento, cujo prazo finaliza em 31 de maio. França ressaltou que o microempreendedor individual é essencial para a economia, representando cerca de 70% de todas as empresas no Brasil e movimentando cerca de 70 bilhões de reais anualmente.

Advertisement

“Estamos muito satisfeitos em apoiar esta ação do SEBRAE. Cruzeiro do Sul tem mais de 5 mil CNPJs ativos, e cerca de 60% desses são de microempreendedores. Recentemente, inclusive, criamos uma secretaria dedicada ao microempreendedor para integrar essas pessoas à formalidade e garantir seus direitos. Criamos, essa secretaria do microempreendedor para cuidar exatamente dessas pessoas que estão na informalidade e trazer para o meio legal, para a formalidade, fazer um cadastro dessas pessoas, para que possam realmente ter os seus direitos garantidos, seus deveres também.  E nada melhor do que uma semana para que a gente possa, interagir com essas pessoas e fazer esse trabalho de fortalecimento de uma categoria tão importante para a nossa economia aqui em Cruzeiro do Sul”, pontou o prefeito Zequinha Lima.

Assem Cameli, representante da Associação Comercial de Cruzeiro do Sul, destacou a importância do MEI como um passo inicial para quem deseja se tornar um empresário. “Ninguém nasce grande, todos começam pequenos, e o MEI é um caminho para quem quer se tornar empresário com sucesso,” disse Cameli. Ele também elogiou o Sebrae por facilitar esse início para os novos empresários, o que é crucial para o crescimento da cidade.

Advertisement