Connect with us

destaque

Governo do Estado anuncia pagamento de abono salarial aos servidores da Educação

Published

on

Pelo segundo ano consecutivo, o governo do Acre honrará os trabalhadores da Educação com o pagamento do abono salarial. O anúncio oficial ocorreu nesta terça-feira, 6, e reafirma o compromisso do Estado com a valorização de quase 15 mil servidores públicos.

O valor será proporcional ao vencimento de cada profissional e equivalente ao 13° salário. Terão direito ao benefício, professores em atividade, diretores, coordenadores pedagógicos e de ensino, coordenadores administrativos, secretários escolares, docentes e especialistas em educação nas funções de assessoramento pedagógico, supervisão, inspeção, suporte técnico, coordenação de núcleos, centros, modalidades de ensino e programas da rede estadual de ensino.

A vantagem financeira também contemplará professores e especialistas em educação cedidos em regime de colaboração técnica para outras redes públicas de educação básica, trabalhadores em educação nas funções de assistente educacional, técnico, apoio administrativo e operacional, mesmo que emprestados em regime de colaboração técnica para outras redes públicas de educação básica.

O abono será depositado integralmente na mesma data do pagamento do salário de dezembro dos servidores estaduais. De acordo com o governador Gladson Cameli, o benefício é mais uma demonstração de respeito da atual gestão com os profissionais responsáveis por levar ensino de qualidade para mais de 140 mil acreanos, nos 22 municípios.

“A educação é um dos pilares do governo do Acre. Sabemos que a construção de um estado melhor e com mais oportunidades depende do trabalho destes servidores. Nada mais justo que valorizá-los pelos esforços e a dedicação que eles têm com os nossos estudantes”, declarou.

Importantes avanços foram consolidados nos últimos quatro anos. O governo do Estado contratou mais professores efetivos e temporários, criou o prato extra da merenda, distribuiu gratuitamente fardamento escolar, reformou escolas, pagou aulas complementares e mesmo diante da maior pandemia já enfrentada pela humanidade, as aulas continuaram por meio do rádio, TV e internet.

Foto Mardilson Gomes

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Advertisement
Advertisement