Connect with us

destaque

Partido dos Trabalhadores explica desfiliação de Marcus Alexandre

Published

on

Para poder atuar como engenheiro do Tribunal Regional Eleitoral, o ex-prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, terá que se desfiliar do Partido dos Trabalhadores, já que a função não permite que o profissional tenha qualquer tipo de filiação partidária.

Marcus, uma das principais lideranças do PT no estado, é engenheiro de formação e foi convidado para assumir a diretoria do TRE a convite do presidente, Francisco Djalma.

Nas eleições deste ano, Marcus Alexandre foi candidato a vice-governador, na chapa com Jorge Viana, pelo PT, onde militou e construiu toda sua carreira política.

Sobre essa nova etapa profissional de uma das suas lideranças no Acre, o Partido dos Trabalhadores se manifestou, por meio de uma nota, confira:

NOTA PT/Acre 

A respeito de matéria publicada na imprensa sobre desfiliação do companheiro Marcus Alexandre do Partido dos Trabalhadores, esclarecemos que a desfiliação se deve única e exclusivamente ao fato de o Marcus Alexandre ser servidor concursado do Governo do Acre e ter sido cedido para atuar na área de engenharia do Tribunal Regional Eleitoral-TRE e todos que prestam serviço naquela instituição não podem ter participação em organizações partidárias enquanto atuarem no TRE.

Direção Estadual do PT/Acre