Connect with us

destaque

Prefeitura de Cruzeiro do Sul e parceiros promovem curso de cooperativismo para produtores de café

Published

on

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul, em parceria com o Governo do Estado do Acre, a ALEAC (Assembleia Legislativa do Estado do Acre) e a OCB/Sesccop Acre, uniu forças com a Coopercafé para promover um curso de cooperativismo voltado para produtores e interessados em produzir café. O evento aconteceu no auditório da Universidade Aberta do Brasil (UAB), localizada no Centro de Cruzeiro do Sul.

A iniciativa visa resgatar a importância da produção de café na região, oferecendo capacitação aos participantes sobre os fundamentos e valores do cooperativismo. O conteúdo programático do curso abrange habilidades essenciais para que os alunos possam desempenhar atividades de assessoramento no processo de constituição de cooperativas, além de planejar e executar processos técnico-administrativos relacionados a cooperativas de diferentes modalidades e ramos.

Os facilitadores desta capacitação são o Superintendente do Sistema OCB/Sescoop no Acre, Émerson Gomes, e o Gerente de Desenvolvimento de Cooperativas da instituição, Rodrigo Fornek.

Maria Renilda, conhecida como Branca, presidente da associação de agricultores do Rio Liberdade, foi uma das participantes do curso. Ela compartilhou sua perspectiva sobre a importância dessa iniciativa: “A ideia do café ser produzido na própria comunidade é algo que já está em nossa cultura, mas estava se perdendo ao longo do tempo. Fico feliz em ver esse movimento de trazer as pessoas da zona rural para este curso, que está resgatando a cultura de nossos antepassados e nossa forma de vida no interior.”

Branca ressalta ainda o potencial do cooperativismo para transformar a produção de café em uma fonte de renda significativa para as comunidades rurais: “Chamo isso de uma sustentabilidade rural. É de grande importância contribuir com o crescimento da comunidade, e o cooperativismo fortalece as cadeias produtivas, melhorando a qualidade de vida dos produtores.”

Iverson Gomes, superintendente do sistema OCP Acre, destacou o impacto positivo que o cooperativismo pode ter na comunidade: “Estamos trazendo mais de 80 novos produtores que desejam conhecer essa estrutura do cooperativismo para criar uma entidade de representação capaz de promover mudanças não apenas em questões sociais e ambientais, mas também em termos de sustentabilidade.”

Luís Tchê, secretário estadual de agricultura, enfatizou a importância da organização e formação no sucesso do cooperativismo: “Ou você disciplina e organiza ou não dá certo. O cooperativismo é crucial porque podemos aproveitar as emendas do governo federal e estadual de maneira mais eficaz, comprando equipamentos agrícolas a preços mais acessíveis e com menos burocracia.”

O prefeito Zequinha Lima também foi elogiado pela sua contribuição ao crescimento da cafeicultura na região e ao fortalecimento da cooperativa. Jonas Lima, presidente da Coopercafé, destacou a necessidade de se unir em cooperativa para evitar práticas injustas na hora da colheita.

O curso de cooperativismo para produtores de café representa um passo significativo na revitalização da produção de café em Cruzeiro do Sul, trazendo esperança e oportunidades para a comunidade rural. O compromisso conjunto da Prefeitura, do Governo do Estado e das organizações cooperativas mostra o potencial transformador do cooperativismo na promoção do desenvolvimento econômico sustentável e na preservação das tradições locais.