Connect with us

destaque

Bocalom lança consultório móvel para atender população em situação de rua em Rio Branco

Published

on

“A gente precisa ir criando políticas públicas no sentido de acolher e ajudar essas pessoas. Outro dia saiu um de rua que estudou e se formou e já é uma representação para todos, uma referência para nós dentro da Educação. É isso que a gente quer. Ir criando oportunidades para eles. Essa questão da saúde deles é fundamental, a gente sabe, pois ficam pelas ruas e normalmente não vão ao médico e por isso que vamos levar o atendimento até eles”, afirmou o prefeito de Rio Branco, em um evento realizado na manhã desta terça-feira (26), durante a entrega de uma van adaptada para funcionar como consultório móvel. Este veículo é uma iniciativa da Prefeitura, inserida no programa Consultório na Rua, com o propósito de oferecer atendimento de saúde à população em situação de rua.

A aquisição do consultório móvel, que contou com um investimento de R$ 584 mil em recursos próprios do município, marca um avanço na estratégia da Prefeitura para acessar diretamente esse segmento da população, oferecendo-lhes cuidados de saúde no seu ambiente. A van está equipada com os móveis e equipamentos necessários para o atendimento médico, incluindo uma mesa ginecológica e uma pia para higienização, além de cadeiras para os pacientes.

Sheila Andrade, secretária municipal de Saúde, enfatizou a melhoria na capacidade de atendimento proporcionada pela nova van em comparação com o veículo anterior, que não era totalmente adaptado para as necessidades da população em situação de rua. Andrade destacou o compromisso da gestão em garantir um atendimento digno, com a nova unidade móvel preparada para oferecer serviços médicos em diversos locais, especialmente nas regiões dos Primeiro e Segundo Distritos.

Este projeto é parte da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) e opera de acordo com a Portaria n° 122 de janeiro de 2011, que estabelece diretrizes para o funcionamento de equipes de Consultório na Rua. A equipe multidisciplinar inclui enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos, educadores sociais, um médico do Programa Mais Médicos e um motorista, todos focados em fornecer assistência integral àqueles em situação de vulnerabilidade.

Advertisement