Connect with us

destaque

É mesmo o fim do “caldinho de carne”, acabou!?

Em Cruzeiro do Sul, desmontaram a tenda do caldo e da “manifestação”

Published

on

Em Cruzeiro do Sul, a tenda que estava no local onde aconteciam as “manifestações” bolsonaristas, deste o resultado das eleições, foi desmontada na manhã desta terça-feira, coincidentemente dia 22 (curioso, né?).

Com o número de “manifestantes” cada vez mais reduzido, também devido à falta do popular “caldinho de carne” que fazia sucesso entre os presentes, parecem ter chegado ao fim no município de Cruzeiro do Sul. Pelo menos por enquanto!

Advertisement

A última vez que os “manifestantes” se reuniram em bom número em frente ao 61 BIS, foi no feriado de 15 de novembro. Na semana passada, uma manifestante indignada viralizou na internet ao cobrar a presença dos “patriotas” que, segundo ela, pararam de ir ao local quando acabou a distribuição do caldo de carne.

Advertisement