Connect with us

destaque

Prefeitura de Rio Branco entrega área de esporte e lazer no Conjunto Habitar Brasil

Published

on

Dando continuidade as ações de melhoria na cidade que envolve a parte de infraestrutura da capital acreana, levando dignidade à população, a Prefeitura de Rio Branco entregou, nessa sexta-feira (15), mais uma área de esporte e lazer. Dessa vez no Conjunto Habitar Brasil. Um investimento de pouco mais de 150 mil reais, recursos próprios da prefeitura.

O local passou por uma série de melhorias que incluem a manutenção de muretas, alambrados, construção de calçadas, instalação de arquibancadas, redes de drenagem, além de pinturas e cuidados com o gramado.

O objetivo é proporcionar aos moradores da região momentos de lazer, socialização e a prática de exercícios físicos melhorando a qualidade de vida dos habitantes do Conjunto. É o compromisso da Prefeitura de Rio Branco com o bem-estar da comunidade local.

Antônia Souza, que é presidente da Associação de Moradores disse que por ser um bairro carente o Habitar Brasil precisa de investimentos como esse que a prefeitura está realizando, e agradeceu a gestão.

“Hoje aqui esse evento lindo maravilhoso, agradeço a todos que vieram, porque nosso Conjunto Habitar Brasil é um bairro que a gente procura atividades, mas é difícil as pessoas virem fazer eventos.”

“O que a gente precisa deixar muito claro para a comunidade, à sociedade rio-branquense, que são recursos próprios da nossa prefeitura. organizando, enxugando, investindo onde realmente traz benefícios para a comunidade”, enfatizou o diretor-presidente da FGB, Andesson Nascimento.

O prefeito Tião Bocalom também se mostrou animado com os resultados da gestão, destacando que, com esta inauguração, já são 62 quadras esportivas que receberam investimentos nos últimos 2 anos e meio de gestão. Ele enfatizou a importância de oferecer oportunidades para a juventude por meio da cultura e do esporte, e como esses espaços podem ser fundamentais para afastar as crianças de caminhos negativos e direcioná-las para um futuro melhor.

“Eu estou feliz com isso, os outros passaram 8 anos para recuperar trinta praças. Nós já estamos com 62. A gente gosta de colocar à disposição da nossa juventude tanto a cultura, mas também o esporte. Aqui é um local que a gente pode tirar crianças do mal caminho. Aqui eles vão trilhar um bom caminho.”

Advertisement
Advertisement