Connect with us

destaque

Sebrae defende Marco Regulatório para América do Sul em Fórum Empresarial

Published

on

Durante o Fórum Empresarial Colômbia-Brasil realizado nesta quarta-feira (17), Décio Lima, presidente do Sebrae, enfatizou a necessidade de estabelecer um marco regulatório comum para a América do Sul. O evento, que faz parte da missão brasileira liderada pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) sob a liderança do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, visa fortalecer as relações comerciais entre os dois países e expandi-las para toda a América do Sul.

O presidente do Sebrae ressaltou a importância dos pequenos negócios, que representam 95% das empresas em ambos os países, e destacou a necessidade de mais interação econômica para competir globalmente. “A América do Sul precisa construir uma sinergia entre as nossas economias para interromper o isolamento atual,” declarou Lima.

Advertisement

Além do fórum, a delegação brasileira participa do programa “Jornada Empreendedora”, um esforço para promover a inovação e a sustentabilidade entre as micro e pequenas empresas. O evento também visa discutir a integração econômica e desenvolver um modelo que possa servir de exemplo para outros países da região.

Apex e Sebrae estão colaborando para ampliar o acesso ao mercado internacional para os pequenos negócios, destacando a importância da globalização e da inovação na economia atual. Jorge Viana, presidente da Apex, mencionou que atualmente 50% dos atendimentos da agência são destinados a empreendedores de pequenos negócios, com o objetivo de promover a exportação e internacionalização dessas empresas.

O Fórum também conta com a participação dos presidentes Lula e Gustavo Petro, da Colômbia, que discutirão iniciativas para promover comércio e investimentos e abordar temas como igualdade racial, direitos humanos, agricultura familiar e política externa feminista.

Advertisement

O evento reflete uma agenda robusta entre Brasil e Colômbia e busca fortalecer os laços econômicos e sociais entre os países da América do Sul, visando a uma maior integração regional e o desenvolvimento sustentável.

Advertisement