Connect with us

destaque

Bocalom anuncia abono natalino e destaca estabilidade financeira de Rio Branco

Published

on

“Com esse dinheiro na praça, mais de sete milhões de reais, vai gerar trabalho, vai gerar emprego, vai fomentar a nossa economia local”, afirmou o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, ao anunciar, nesta quarta-feira (13), um abono de Natal a todos os servidores públicos municipais efetivos e temporários. Este é o segundo ano seguido com o benefício.

Ao ser questionado se esse movimento cumpre uma promessa de campanha, o prefeito destacou que oferecer esse tipo de abono aos trabalhadores do município é uma forma de valorização para aqueles que contribuem para a municipalidade. 

Advertisement

“Eu diria que não foi correção, foi uma justiça salarial, porque a gente pegou cada categoria que tinha problemas, exemplo, médico, como é que médico ia trabalhar com um salário de menos de dois mil reais na carteira, elevamos para nove mil. Então, assim a gente fez com que todos os trabalhadores, cumprimos o salário, o piso da educação e dos enfermeiros, da educação ainda vieram mais 15% que poucas prefeituras no Brasil deram”, explicou o prefeito.

Durante a coletiva, Bocalom enfatizou os resultados positivos de uma gestão financeira sólida que possibilitou a concessão do abono aos servidores. Ao longo de três anos, a administração implementou ações estratégicas, como programas de Refinanciamento (Refis), permitindo que a população regularizasse débitos com o fisco municipal.

Bocalom também mencionou os consideráveis investimentos em infraestrutura durante sua gestão, abrangendo melhorias em vias urbanas, saneamento e abastecimento de água. Projetando o futuro, a expectativa é que esses esforços se intensifiquem no próximo ano, consolidando o compromisso da administração com o desenvolvimento e bem-estar da comunidade.

Advertisement

A estabilidade financeira alcançada é vista como a base para o progresso contínuo da cidade. Um estudo recente divulgado pelo Tesouro Nacional posiciona Rio Branco como a terceira capital menos endividada do país, fortalecendo a perspectiva de crescimento e investimento para o município.

Advertisement