Connect with us

destaque

Edvaldo Magalhães quer saber informações acerca da construção da nova sede do IMAC

Obra custará aos cofres mais de R$ 5 milhões

Published

on

Assessoria

O deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB) apresentou um requerimento durante a sessão desta terça-feira, 11, na Assembleia Legislativa do Acre, solicitando informações acerca da construção da nova sede do Instituto de Meio Ambiente do Acre (IMAC). A obra custou aos cofres públicos mais de R$ 5 milhões. O parlamentar afirmou “há muitos burburinhos” acerca do empreendimento.

“Vamos aguardar as informações. Sobre a execução dessa obra há muitos burburinhos. Quando tem muito rumores, a gente não deve fazer pré-julgamento. Saberemos com as informações a serem prestadas”, disse Edvaldo Magalhães ao solicitar no requerimento as medições pagas à empresa ganhadora da licitação, a fase em que a obra se encontra, bem como todo o contrato.

Ao falar de eleição, Edvaldo Magalhães lembrou a eleição da ex-ministra, Marina Silva a deputada federal no último dia 2. Marina obteve mais de 250 mil votos. O parlamentar disse que fará uma Moção de Aplausos a ser entregue na última sessão deste ano.

Advertisement

“O nosso salão do povo tem o nome da ex-vereadora, ex-deputada, senadora, ministra, Marina Silva. Independente do nosso olhar acerca das convicções da Marina Silva, essa mulher extraordinária teve um feito extraordinário nestas eleições. Está entre as cinco mais votadas. Teve mais de 250 mil votos e será sem dúvidas uma voz a ser escutada no plenário do Congresso Nacional, com repercussão no Brasil e fora do Brasil”, disse.

E acrescentou: “a Casa que a teve uma integrante, uma parlamentar combativa e produtiva, deveria convidar a ex-ministra, ex-deputada, ex-vereadora de Rio Branco para estar aqui conosco na sessão de enceramento de final de ano. Essa Casa deveria ter orgulho de uma pessoa com esse desempenho e uma referência sobre meio ambiente no Brasil. Você pode concordar ou discordar, mas seus posicionamentos são debatidos e repercutidos. Eu apresentarei uma moção de aplausos”.