Connect with us

destaque

Prefeitura de Rio Branco garante acolhimento digno após transbordamento do Rio Acre

Published

on

Em Rio Branco, a Prefeitura está empenhada em ações de acolhimento diante do transbordamento do rio Acre, que ultrapassou a cota de 14 metros. Com isso, abrigos foram organizados em escolas e iniciou-se a limpeza do Parque de Exposições para receber os primeiros desabrigados. Até o momento, 24 famílias, totalizando mais de 700 pessoas, encontraram refúgio nesses espaços.

O prefeito Tião Bocalom expressou sua preocupação com os afetados, especialmente aqueles que residem próximos ao rio. Ele garantiu que a cidade está pronta para fornecer todo o suporte necessário. Bocalom destacou o avanço na organização dos abrigos este ano, incluindo a catalogação e armazenamento dos bens das pessoas através do Projeto Recomeço, que também oferece móveis para as famílias.

Suellen Araújo, secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, mencionou a visibilidade dos móveis doados pelo Programa Recomeço às famílias afetadas pelas enchentes do ano anterior, ressaltando a continuidade do apoio às vítimas.

Entre os acolhidos, o sentimento é de gratidão pela rápida resposta e apoio recebido da Prefeitura e de outros órgãos envolvidos. Daniele Lima, uma das desabrigadas, agradeceu pela assistência imediata e pelo cuidado. Maria Inês, também acolhida, elogiou a agilidade e qualidade do atendimento e alimentação fornecidos.

Advertisement

Essas ações refletem o compromisso da gestão municipal em não apenas responder de forma eficaz às emergências, mas também em garantir o bem-estar e a segurança dos cidadãos afetados pelas cheias, demonstrando uma estrutura de suporte robusta e sensível às necessidades imediatas da população.