Connect with us

destaque

Canais digitais respondem por mais de 15% das vendas do comércio no terceiro trimestre do ano

Published

on

O Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre) realizou uma Sondagem do Comércio que revelou que 15,1% das receitas do comércio foram obtidas por meio de vendas on-line no terceiro trimestre deste ano. Este é o maior percentual desde o segundo trimestre de 2021, quando foi de 21,1%.

Ivan Tonet, coordenador de Mercados e Transformação Digital do Sebrae Nacional, observou que esses números refletem a mudança na cultura do consumidor e a maior digitalização das empresas. Ele também destacou a melhora da experiência de compra no ambiente virtual.

Advertisement

O estudo mostrou que antes da pandemia, em 2020, os canais on-line representavam 9,2% das vendas. No segundo trimestre deste ano, esse percentual era de 13,1%.

Tonet recomendou que os proprietários de pequenos negócios entendam como os canais digitais funcionam e desenvolvam uma estratégia específica para cada um deles. Ele também ressaltou a importância de medir os resultados para obter aprendizados e retornos.

A FGV Ibre destacou a queda no percentual de empresas sem nenhuma venda on-line. De 31,5% no segundo trimestre deste ano, essa proporção caiu para 29,2% no terceiro trimestre.

Advertisement

Tonet acrescentou que alguns segmentos se destacam nas vendas on-line entre os pequenos negócios, como o mercado pet, beleza e moda, saúde, turismo, casa e decoração.

Advertisement