Connect with us

destaque

Iniciativa de comércio bilateral entre Acre e Peru promete crescimento regional

Published

on

Em reunião em Rio Branco, nesta segunda-feira, 22, o prefeito Tião Bocalom recebeu a comitiva de Chinchero, distrito da Província de Urubamba, em Cuzco, Peru, liderada pelo prefeito Alcides Cusihuaman. Este encontro marcou um importante passo para aprofundar as relações comerciais entre as duas regiões.

Durante a visita, o prefeito Alcides Cusihuaman propôs acordos bilaterais em áreas como artesanato e produção agropecuária. Ele destacou a produção tradicional de artesanato na sua região, utilizando materiais naturais e mencionou produtos agrícolas como batata, trigo, aveia e maçã, visando o mercado de Rio Branco.

Advertisement

A comitiva peruana apresentou diversos produtos típicos do seu distrito, como frutas, grãos, aveia, batatas e milho. Estes produtos são importantes na culinária do Peru e representam um aspecto da cultura e economia local.

Em resposta, o prefeito Tião Bocalom destacou a relevância da visita para a formação de laços comerciais mais fortes. “Não tenho dúvida nenhuma que a gente colocando à disposição deles um ponto aqui, será um ponto em Rio Branco para que as pessoas possam adquirir esses produtos feitos à mão, lá do Peru”, disse Bocalom, ressaltando a intenção de criar um consórcio internacional para estimular a economia de ambos os países. Ele também mencionou a possibilidade de estabelecer pontos de venda para os produtos peruanos em Rio Branco, incluindo a feira de economia solidária e na Ceasa.

Um estudo da consultoria Maximixe, encomendado pelas concessionárias Interoceánica Sur Tramo 2 e 3 e divulgado pelo jornal peruano El Comercio, identificou oportunidades de comércio entre Acre e Peru. O estudo indica potenciais importações pelo Acre de produtos peruanos como azeitonas, uvas, cebolas, quinoa, alho e cimento Yura.

Advertisement

Por outro lado, o Acre tem potencial para exportar para o Peru produtos como milho amarelo, castanha-do-pará, óleo de soja, açúcar cristal, peixes frescos e carne bovina. Estas oportunidades são cruciais para o desenvolvimento econômico de ambas as regiões.

Advertisement