Connect with us

destaque

PF deflagra 5º fase da operação contra atos golpistas no DF

Published

on

A Polícia Federal cumpre nesta terça-feira (7) três mandados de prisão preventiva, um de prisão temporária e seis de busca e apreensão no Distrito Federal. Os mandados foram expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Esta é a quinta fase da operação Lesa Pátria, que busca prender envolvidos nos atos golpistas do dia 8 de janeiro – ocasião em que terroristas bolsonaristas invadiram e depredaram as sedes dos três Poderes, em Brasília.

Advertisement

A TV Globo apurou que há policiais militares entre os alvos da operação. A Corregedoria da Polícia Militar do Distrito Federal acompanha a ação.

A suspeita de omissão e conivência das polícias locais no dia das ações golpistas levou à destituição e à prisão de integrantes da cúpula da segurança pública do DF – incluindo o então secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, e o então comandante da PM, Fábio Augusto Vieira.

Nas últimas semanas, mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos contra pessoas envolvidas diretamente na depredação ou que financiaram ou planejaram os atos terroristas em Brasilia.

Advertisement

Até o último dia 6 de fevereiro, foram cumpridos 16 mandados de prisão e 31 mandados de busca e apreensão nas fases anteriores da operação Lesa Pátria, que se tornou permanente.

As investigações já levaram à denúncia de mais de 900 suspeitos —a maior parte foi detida ainda no dia dos ataques.

As ações já foram deflagradas a partir de investigações da PF, da PGR (Procuradoria Geral da República) e da Polícia Legislativa do Senado. Em todos esses casos, os mandados foram expedidos e autorizados pelo STF.

Advertisement

Os ataques contra o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o STF completam um mês nesta quarta-feira (8).

Fonte: globo.com

Advertisement