Connect with us

Notícia

Entenda as ações governamentais frente às enchentes no Acre

Published

on

Diante das enchentes que impactam diversos municípios do Acre, o governo estadual, sob liderança do governador Gladson Cameli, mobilizou-se em uma ação emergencial para mitigar os efeitos e prestar assistência às áreas afetadas. Na manhã de domingo, 25 de fevereiro de 2024, o governador anunciou a iniciativa, destacando a cooperação iminente do governo federal para enfrentar a crise.

Ministros do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, e da Saúde, Nísia Trindade, comunicaram ao governador a disponibilidade do governo federal em prestar ajuda. Uma visita aos municípios afetados está planejada para organizar e coordenar esforços de resposta às enchentes.

Por meio da Portaria Nº 622, emitida pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil em 25 de fevereiro de 2024, o Governo Federal formalizou o reconhecimento da situação de emergência em dezessete municípios acreanos. Esta decisão é uma resposta ao Decreto Estadual nº 14.414, proclamado em 24 de fevereiro pelo Governador Gladson Cameli, que identificou um estado de emergência nas localidades comprometidas por graves inundações. Os municípios afetados incluem Assis Brasil, Brasileia, Capixaba, Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia, Feijó, Jordão, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Plácido de Castro, Porto Acre, Porto Walter, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira, Tarauacá e Xapuri, marcando um esforço conjunto entre o governo estadual e federal para enfrentar a crise.

O estado do Acre, especialmente municípios como Tarauacá, Assis Brasil, Plácido de Castro, e Jordão, recebeu o compromisso de apoio integral do governo estadual. Em Jordão, por exemplo, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) entregou insumos essenciais para atender à população, que enfrenta uma situação crítica com cerca de 40% da área urbana afetada e o hospital local inundado.

Advertisement

O governo do Acre também agiu de forma proativa em Assis Brasil e na capital, Rio Branco, onde o Rio Acre superou a cota de transbordamento. O governador Cameli, pessoalmente, visitou áreas afetadas, entregando donativos e evidenciando o compromisso do estado com as comunidades locais.

Esta situação é agravada pela previsão de aumento do nível das águas, conforme indicado por institutos de acompanhamento ambiental. Diante deste cenário, o governador enfatizou a mobilização de todos os recursos estaduais para garantir o suporte necessário aos municípios afetados, agradecendo o apoio federal e reafirmando o compromisso com a população do Acre.

Continue Reading