Connect with us

Notícia

Shane Hui – A Voz da Aldeia fortalece cultura indígena no Acre, pelo rádio

Published

on

Com sua estreia em 19 de abril, data que celebra o Dia dos Povos Indígenas, o programa de rádio Shane Hui – A Voz da Aldeia vem se destacando como uma plataforma para o fortalecimento da cultura indígena no Acre. Transmitido todos os sábados às 8h da manhã pela rede estadual de rádio Aldeia FM e Difusora Acreana, o programa, apresentado por Nelson Liano Jr. e seus convidados, foca em valorizar a cultura indígena.

O governo do Acre lançou o programa com o intuito de destacar as músicas tradicionais indígenas e promover o diálogo entre diversas etnias, principalmente no Vale do Juruá. Entre os povos representados, destaca-se o Povo Puyanawa, que busca resgatar sua cultura ancestral, anteriormente suprimida pelo avanço extrativista.

Advertisement

O cacique Joel Puyanawa desempenha um papel crucial na revitalização das práticas culturais do seu povo. Desde 2008, Joel tem se dedicado a restaurar os conhecimentos espirituais e culturais dos Puyanawa, liderando um renascimento cultural na aldeia.

Hoje, a aldeia possui mais de 50 artesãos que criam pinturas corporais e produzem caiçuma, uma bebida fermentada tradicional feita de mandioca. Além disso, a aldeia celebra sua cultura por meio da música e da dança, envolvendo principalmente os jovens, que são ensinados na língua Puyanawa e incentivados a compor músicas que refletem sua herança.

O Festival Atsá Puyanawa, que acontece entre 18 e 23 de julho na Terra Indígena Puyanawa, é uma das várias iniciativas que ilustram a importância dessas celebrações culturais, contribuindo significativamente para o turismo e a economia local. Durante os dias de festival, atividades como danças, músicas, pinturas corporais e a cerimônia espiritual com ayahuasca atraem visitantes e promovem um maior entendimento da cultura indígena.

Advertisement

O governo do Acre continua a apoiar essas iniciativas, com 23 festivais indígenas programados para 2024, fortalecendo a economia local e valorizando a cultura dos povos originários do estado.

Advertisement
Continue Reading
Advertisement