Connect with us

Empreender

Amazônia em destaque na Hair Brasil: Inovação e sustentabilidade no setor de beleza

Published

on

O Sebrae marca presença na 21ª edição da Hair Brasil, importante feira internacional voltada ao mercado de beleza, cabelos e estética, que acontece até a próxima terça-feira (26). A instituição foca no suporte a micro e pequenas empresas inovadoras no setor cosmético e farmacêutico, que se utilizam de insumos da Amazônia como matéria-prima. Essas empresas são parte do projeto “Cosméticos da Amazônia”, criado pelo Sebrae para fomentar a produção regional aderente ao conceito de “beleza limpa”, envolvendo produtos naturais, veganos, botânicos, orgânicos e sustentáveis.

Entre as empresas participantes está a Ver-o-Fruto, de Belém do Pará, que produz itens cosméticos a partir de resíduos da agroindústria do açaí, como caroços do fruto. A fundadora e CEO, Ingrid Teles, destaca o compromisso ambiental da empresa e a importância do programa “Inova Amazônia” do Sebrae na estruturação do negócio. A Ver-o-Fruto, com dois anos de existência, oferece produtos como esfoliante facial e shampoo em barra, visando profissionais esteticistas.

Outro exemplo é a Bee Basics, empresa paulista com quatro anos de mercado, que desenvolve hidratantes labiais, séruns faciais e suplementos, buscando fornecedores amazônicos comprometidos socialmente com as comunidades locais. A fundadora, Patrícia Dale, destaca a importância dos cursos do Sebrae para o desenvolvimento empresarial.

A Amazon Sport, focada em produtos para praticantes de esportes, como géis de arnica e óleos para massagem, também participa do evento. O engenheiro químico Mauro Marinho Belém, à frente da marca, valoriza a oportunidade de fazer contatos relevantes para o negócio.

Advertisement

A Hair Brasil reúne cerca de 900 expositores e destaca-se como uma vitrine para o setor de salões de beleza e clínicas de estética. A presença significativa de micro e pequenas empresas no mercado de beleza, que representam mais de 99% dos CNPJs do setor, reforça a importância do evento para o empreendedorismo regional.

Andrezza Torres, do Sebrae Nacional, ressalta a experiência e o aprendizado proporcionados pela feira aos empreendedores da região Norte. O Sebrae aproveita a ocasião para promover a Lei do Salão Parceiro, visando a regularização dos profissionais autônomos do setor.

A feira também é palco para a divulgação de conhecimentos sobre insumos amazônicos e suas propriedades, com demonstrações de personalização de cremes por parte de cosmetólogos, utilizando óleos vegetais e essenciais da região. Essa abordagem sublinha o potencial da bioeconomia amazônica no setor de beleza e estética, ressaltando a importância da sustentabilidade e da inovação.

Advertisement
Continue Reading