Connect with us

Política da Hora

Política da Hora: #07- Transição, Acre, Pop

Published

on

Transição

Muitos acreanos ajudando na transição do novo governo Lula. Entre eles dois ex-governadores, Binho Marques e Jorge Viana.

Outra acreana na transição

Marina Silva será outra representante acreana na transição. Eleita Deputada Federal, por São Paulo, Marina é citada inclusive para ser ministra a partir do próximo ano.

Povos indígenas estão presentes

Outro destaque entre os anunciando para transição é o nome do líder indígena Benki Piyãko. Lembrando que o próprio Lula anunciou, ainda em campanha, a criação de um ministério para os povos originários.

O cara da educação!

Binho é um quadro extremamente qualificado e uma das pessoas que mais entendem de educação no país. Se aperfeiçoou e trabalhou muito tempo no ministério, acredito que dará uma importante contribuição.

Jorge no meio ambiente

Jorge Viana é engenheiro florestal e tem no meio ambiente uma causa de vida. É um profundo conhecedor do assunto e também vai contribuir bastante.

Também são petistas

Claro, que ambos são petistas e isso também é uma escolha política. O que é normal, já que o presidente também pertence ao partido dos trabalhadores.

Qualidade

Nessas horas é preciso separar a sigla partidária da qualidade dos quadros. Acho que o anúncio dos nomes, em especial do Jorge Viana, não merece tantos memes e haters. Vejo como uma escolha natural.

Vai ser ministro?

Agora, muita gente tem me perguntado: O Jorge Viana vai ser ministro? Eu não tenho a menor ideia! Competência para isso ele tem, mas o saldo das últimas eleições no Acre pesam e não lhe são favoráveis.

Manifestações seguem bloqueando estradas

Essas manifestações de gente enrolada na bandeira do Brasil se dizendo “patriota” e enfrentando a polícia em nome do Bolsonarismo, começou sendo uma preocupação, depois virou choro, piada das boas e agora começa a ganhar tons de insanidade.

Virou seita a serviço de quem

Tá parecendo uma seita de fanáticos chorando por um rei morto e desaparecido. Nessas horas faltam muitas coisas: noção do ridículo, inteligência, amor-próprio, capacidade de raciocínio… Estão deixando de ser manifestantes e virando criminosos sob a égide de quê? Ou de quem?

Acabou o caldo

Em Cruzeiro do Sul, segundo uma militante que viralizou na internet, a manifestação acabou, pois, acabou o caldo que estava rolando por lá e atraindo os “patriotas”. Será que quando começarem a distribuir picanha eles mudam de ideia?

Segunda metade do mandato

Por falar em Cruzeiro do Sul, o prefeito Zequinha lima está chegando a metade do seu mandato. E colhe um saldo positivo, mesmo diante de períodos muito complicados, como pandemia e grandes cheias no rio Juruá.

Zequinha é pop

Zequinha é um homem do povo, vive nos bairros e seu esforço é reconhecido. Porém, são muitos os desafios e, o principal deles, é saber lidar com a falta de recursos, tão comum em quase todos os municípios do Brasil.

Tem que mandar a real!

Vai ter que fazer o possível, e precisa ser transparente e mostrar a realidade para as pessoas. Em gestão não existe milagre, não se pode gastar mais do que se tem em caixa. Sob pena de comprometer muito mais a situação do município.